Liderar sob pressão (e como sobreviver!) CategoriesBlog · Coaching · Corporativo

Liderar sob pressão (e como sobreviver!)

Todas as pessoas têm em si a capacidade de liderar. Quer a usem ou não, ela está lá, sempre! Quer sejas o responsável pela primeira viagem a Marte, a pessoa que está no comando de uma organização de renome mundial ou tenhas à tua responsabilidade um grupo de crianças, a pressão estará sempre presente.

 

Liderar é aceitar e assumir a responsabilidade de que tu vais tomar decisões que terão um impacto decisivo sobre as pessoas que te rodeiam. Este cenário, só por si, traz consigo uma enorme pressão. É por isso que liderar não é uma questão de posição, nem de predisposição, é uma decisão. A decisão de aceitar que tu consegues lidar com toda a pressão e ainda assim fazer crescer algo de fantástico.

Enquanto Coach e Consultor, há um conjunto de insights, de estratégias, nas quais acredito e que te vão fazer redescobrir e redefinir o(a) líder que há em ti! Um conjunto de ações que podes colocar em prática hoje e que partilho contigo agora.

 

1. Encontra um propósito maior do que tu!

Para liderar com sucesso há uma pergunta essencial à qual tens que dar uma resposta. Porque faço o que faço? Esta resposta tem que ser a tua melhor, este que é o teu propósito, tem que ser maior do que tu. Afinal, qual o impacto que queres ter? Qual é o legado que queres deixar? Estas são perguntas cruciais no teu caminho enquanto líder. Mas há outra, talvez a segunda mais importante: como estou a contribuir para os outros?…

Encontra as tuas respostas, escreve-as e tem-nas ao teu acesso. Para as interiorizares melhor repete-as para ti todos os dias, no inicio ou no final do dia, o que interessa é que as sintas!

 

2. Tu és o centro, cuida de ti primeiro!

Se conheces os procedimentos de emergência num avião, sabes que quando as máscaras de oxigénio descem deves colocar primeiro a tua, sobretudo se tiveres uma criança a lado. Isto reflete um principio muito simples e poderoso: se não cuidares de ti não vais conseguir ajudar ninguém.

Quando estás a liderar, este principio é igualmente válido. Cuidar do teu corpo e mente é a base. Comer, dormir, exercitar, meditar. Junta também a socialização, isto é, desfrutar de bons momentos junto de pessoas que te são queridas. Vai-te dar uma energia e conforto indescritíveis.

Por fim, procura terminar sempre o dia visualizando algo de bom que tenhas feito ou que tenha acontecido. Assim, a tua base para liderar melhor está preparada!

 

3. Rodeia-te pela tua equipa de sonho

Liderar pode ser uma posição de muita solidão, mas não tem que ser. A verdade é que ninguém chega muito longe se estiver sozinho. É aqui que entra aquele grupo de pessoas que deves escolher cuidadosamente e que serão a tua equipa de sonho

Procura pessoas que sejam, para ti, uma influência positiva. Um grupo de notáveis que conseguem desbloquear o melhor que tens em ti. Devem ser pessoas que não te digam sempre que sim, mas que te lancem desafios constantes. A confiança e a segurança são essências para aguentar a pressão e liderar com sucesso. Ter pessoas nas quais podes confiar totalmente e com as quais a tua segurança está sempre garantida é fundamental.

Acima de tudo, é importante que exista o alinhamento em volta de um único propósito. O lema é: um propósito, uma equipa!

 

4. Cria foco e lidera!

Para quem está na tua posição, os problemas que surgem todos os dias podem fazer com que percas o foco e com isso a tua capacidade de liderar. Estabelece claramente as prioridades, as tuas e as das pessoas que lideras. Sem isso é impossível liderar sob pressão. Define a intenção de cada ação que concretizas, simplifica e executa.  

Uma regra de ouro que deves ter para ti, e que vai reorientar o teu foco, é a dos 20-80. Dedica 20% do tempo ao problema e 80% à solução. Uma vez encontrada uma solução, mesmo não sendo a ideal, avança. É melhor uma solução do que nenhuma.  

 

5. Permite-te falhar e domina o teu discurso interno

Aqui importa perceber que a perfeição, muitas vezes exigida, pelos outros e por si, a quem está a liderar é inalcançável. Podes sempre fazer o teu melhor, mas nem sempre vai correr bem. Nestes momentos a dúvida, o medo, a pressão instalam-se. É também neste momento que importa compreender que, mais do que os resultados, é o que pensas sobre ti que define o teu valor. O chamado discurso interno.

Uma forma ótima de lidar com estas situações é ver a oportunidade de crescimento que nasce com cada erro. Aprender com tudo o que fazes e focar-te apenas no que está no teu controlo, pode ter um efeito altamente positivo no teu discurso interno. No que pensas sobre ti!

 

6. Define um momento para desligares

A palavra “Ocupado(a)” poderia ser o teu apelido, mas não é! Definir claramente um momento do dia, e da semana, para parar não é uma opção, é uma obrigação. É um momento em que te vais dedicar a uma atividade que te dá prazer e relaxamento, que te liberta da pressão.

Curiosamente é aqui que nascem as melhores soluções para os problemas que parecem não ter fim. É o desligar que permite renovar a tua perspectiva sobre tudo o que circula à tua volta. Podes de forma simples criar estes momentos off , de que necessitas, para para refletir sobre o que tens feito, para investires no teu desenvolvimento pessoal e para renovares a energia da tua liderança. Tu vais sentir-te melhor e a tua família vai agradecer!

 

7. Começa a jogar o Jogo Infinito

A vida, para quem está a liderar, é feita de sucessos e insucessos. Todos eles efémeros. Assim que uma meta é alcançada, surge uma nova e depois dessa outra. Daí que nada sirva uma enorme vitória! São as ações focadas, o acumular de pequenos sucessos ao longo do tempo, que criam os maiores impactos. Que criam o teu legado!

O real sucesso de um(a) líder, contrariamente ao pensamento coletivo, está em superar o teste do tempo. Está em conseguir, no longo prazo, fazer com que o sucesso se renove por si. Criar o que muitos líderes ambicionam e apenas alguns conseguem. Liderar para criar um legado que inspire outros a segui-los.

Ninguém nasce para liderar, mas todos podemos fazê-lo. Os que avançam são os que conseguem liderar sobre pressão. Que, com base nestes princípios que partilhei contigo, conseguem ser a pessoa que faz a diferença e que inspira outro a viver um propósito.

E agora, o que vais fazer?…